Eleagah

Brilhando juntos

Olho para Céu
Contemplo as estrelas
Comparo meu amor à mais brilhante delas
E assim meu amor você fez meus olhos sorrirem...
Brilhar como as estrelas...
Agradeço a Deus por esse sentimento tão puro.
Que no meu peito hoje carrego
Você é o sonho que tanto desejo viver
É amor que vai além do infinito
Ultrapassa o tempo...
A distância que há entre nós,
não pode matar um amor verdadeiro
Amores verdadeiros não morrem...
Amor como o nosso apenas se fortalecem...
E como estrelas brilhamos...
E nos guiamos para esse amor louco...
Um amor distante e sempre constante...
O tempo e o espaço são meros obstáculos...
Obstáculos vencidos pela essência de
um amor que corrompe a linha do tempo...
Tornando nosso amor puramente verdadeiro...
Cheio de esperança e uma lembrança...
De um dia estarmos juntos novamente...
Vivenciando um sentimento que
apenas nossos corações entendem...
Vivenciando um amor só nosso.
Sempre eu e você brilhando juntos
como uma lua cheia de amor!
Autores: Simone Lelis & Marcelo Rondoni

Meu coração em festa

Meu coração em festa

Para o meu coração basta o teu peito,
para a tua liberdade as minhas asas.
Da minha boca chegará até ao céu
o que dormia sobre a tua alma.

És em ti a ilusão de cada dia.
Como o orvalho tu chegas às corolas.
Minas o horizonte com a tua ausência.
Eternamente em fuga como a onda.

Eu disse que no vento ias cantando
como os pinheiros e como os mastros.
Como eles tu és alta e taciturna.
E ficas logo triste, como uma viagem.

Acolhedora como um velho caminho.
Povoam-te ecos e vozes nostálgicas.
Eu acordei e às vezes emigram e fogem
pássaros que dormiam na tua alma.
Pablo Neruda

Areia molhada

Mas há algo melhor?
O sol a brilhar intensamente
O som das ondas a rebentar na praia
Areia molhada
Dois seres que se amam
O início de uma manhã perfeita
De uma vida a dois
De mãos dadas
A olhar o oceano
Olhos que bailam como gaivotas
Conchas tão frágeis
No entanto tão resistentes
Feitas à nossa semelhança
Ou nós criados como elas
Que tudo aguentamos
Que tudo suportamos
Como se o mar nos embrulhasse
E em rodopios constantes
Suavemente nos deposita na costa
Para um pouco de descanso
Recuperar energias
E continuar a nossa travessia
Mar para descobrir
Tal e qual a nossa vida
Que aos poucos vamos desvendando
E que cada vez mais vamos tendo a certeza
Do quão importantes
Somos na vida do outro
Como fazemos a diferença
De como somos desejados
De como somos amados
Carlos Santana

Timidez

Basta-me um pequeno gesto,
feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve. . .

mas só esse eu não farei.

Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes..

palavra que não direi.

Para que tu me adivinhes,
entre os ventos taciturnos,
apago meus pensamentos,
ponho vestidos noturnos,

que amargamente inventei.

E, enquanto não me descobres,
os mundos vão navegando
nos ares certos do tempo,
até não se sabe quando...

e um dia me acabarei.

Cecília Meireles

Me procure lá fora

Saudade...

Se algum dia você não me achar,
me procure lá fora,
serei a leve brisa da tarde
tocando em seu rosto.

Se sentir saudades
e não conseguir dormir,
me procure nas estrelas,
serei a última que você verá,
lhe desejando uma boa
e sossegada noite.

Mesmo você e eu
não estando juntos agora,
saiba que eu amo você,
desesperadamente!

ads

2019  Mensagens, Versos e Poesias   globbers joomla templates